10 dicas sobre alimentação balanceada dos maiores especialistas

10 dicas sobre alimentação balanceada dos maiores especialistas

Se você é fã de hambúrguer, coxinha, cachorro-quente e outras comidinhas extremamente calóricas, pode parecer impossível optar por uma alimentação balanceada. Mas, vale a pena colocar na balança não só o peso, como os prejuízos da má alimentação.

Reeducação alimentar é a palavra da vez e isso requer não só uma mudança no cardápio, como uma transformação geral em seus hábitos. Comer bem não se limita a contagem de calorias que você ingeriu no dia e sim saber fazer as melhores escolhas, ficar de olho na quantidade, na qualidade e na frequência em que se faz as refeições, procurando sempre manter um equilíbrio.

Reunimos algumas dicas importantes sobre alimentação balanceada e dietas com grandes especialistas. Dê uma olhada no que eles dizem e mude completamente seus conceitos.

Marcio Atalla, professor de Educação Física, com especialização em Treinamento de Alto Rendimento, e pós-graduação em Nutrição, pela USP, conta cinco segredos importantes para ter uma alimentação saudável:

  1. A dica é optar por 70% de alimentos naturais em seu dia a dia. A ideia é descascar mais e desembrulhar menos.
  2. As dietas radicais dificilmente dão certo, então para ser mais fácil ou menos sofrido, busque trocas possíveis como, por exemplo, optar pela versão integral dos alimentos, trocar frituras por assados, dar preferência aos sucos naturais e sem açúcar e etc.
  3.  Passar horas sem comer é uma atitude erradíssima, se você está tentando perder peso. Para evitar os pratões durante as refeições, tenha em mãos lanchinhos saudáveis como iogurte, frutas, castanhas e etc.
  4. Você vai precisar reparar mais no seu corpo e na sua mete. Saber identificar quando está com fome é um ponto essencial para comer menos. Numa escala de 0 a 10, o ideal é partir para uma refeição quando sua fome atingir entre 6 e 7, acima disso, você vai comer muito mais.
  5. Diminuir a quantidade de gordura saturada, ou seja, de origem animal, presente em carnes, leite, queijos, manteiga e etc. é um dos métodos mais eficazes de se combater a gordura.
    A nutricionista Patrícia Davidson Heat, especialista em Nutrição Clínica Cirúrgica, pós-graduada em Nutrição Clínica Funcional e Fitoterapia Funcional, também da as suas dicas:
  6. Se você é fã de manteiga, chegou a hora de largar esse vício e substituí-la por manteiga de azeite, além de menos gordurosa reduz o colesterol e facilita a digestão.
  7. Alguns alimentos como maçã e abacate ajudam na sensação de saciedade. Então, procure ingeri-los cerca de meia hora antes de cada refeição. O abacate, inclusive, pode ser introduzido na salada.
  8. Invista em salada antes da refeição – isso evita exagerar no prato principal.
  9. Se você está querendo perder peso, ai vai o top 10 de alimentos aliados: aipo, brócolis, pepino, tomate, limão, banana, manga, frutas vermelhas, óleo de coco e quinoa.
  10. Agora, se a ideia for ganhar músculos: carne vermelha magra, peixe, espinafre, ovo, azeite, queijo cottage, iogurte grego, arroz integral e frango.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *