Dificuldade para emagrecer? Descubra qual a razão

Dificuldade para emagrecer

Confira dez causas que podem boicotar o seu esforço para perder peso, mesmo que esteja praticando exercícios e tendo uma alimentação saudável

Perder os quilinhos indesejados não é fácil. Muitas vezes ter uma alimentação saudável e realizar exercícios periodicamente não é o suficiente para a balança diminuir. A questão é que alguns motivos podem estar bloqueando essa evolução no processo de emagrecimento, e existem algumas maneiras de descobrir quais são eles.

Há os fatores emocionais e também doenças que causam dificuldades para emagrecer, mesmo com hábitos saudáveis é preciso estar atento. Veja a seguir:

Tireoide

O hipotireoidismo é uma doença cada vez mais comum no mundo, e que muitas vezes é o responsável pelo ganho de peso. O metabolismo costuma ficar lento, além de haver sintomas fáceis de notar, como pele seca, dores nas articulações, fadiga em excesso, queda de cabelo e até sensibilidade ao frio.

Preocupação

Preocupação ao extremo pode resultar em dificuldade para emagrecer, isso porque o alto nível de estresse faz com que a produção de hormônios seja exagerada, resultando em um aumento do cortisol e queda do metabolismo.

Compulsão alimentar

Responsável por uma disfunção neurológica, o Transtorno de Compulsão Alimentar (TCA) é o desejo extremo por comer. Se você pensa a todo o momento em se alimentar e não pode ver algo que acaba petiscando, isso pode ser sinal de um transtorno que esteja prejudicando o seu emagrecimento.

Desidratação

Ás vezes a falta de hidratação no corpo acaba ultrapassando os níveis aceitáveis do próprio organismo, o que gera um aumento de peso, pois o cérebro pode confundir as necessidades e, ao invés de se ingerir água ou líquido, você pode estar se alimentando demais.

Insônia

O sono é um importante aliado para a regularidade do equilíbrio corporal, ou seja, se ele não está em dia ou as noites estão sendo mal dormidas, o ganho de peso é inevitável. Isso porque os níveis de grelina, substância responsável por ativar a fome em nosso organismo, são estimulados, além do cortisol aumentar.

Excesso hormonal

Algumas mulheres sofrem com o chamado ovário policístico, e essa disfunção ocasiona ganho de peso, aumento de pelos, acne e menstruação irregular, além de outras causas que variam de caso para caso, como a infertilidade.

Intolerância alimentar

Quando o corpo rejeita um alimento, um dos primeiros sinais dado é o inchaço, além de dores musculares, articulações e fadiga. Essa junção faz com que a pessoa intolerante a determinadas substâncias possa ter aumento de peso por conta do metabolismo que acaba por desacelerar, devido à falta de enzimas digestivas no corpo.

Medicamentos

Alguns medicamentos, como corticoides, pílulas anticoncepcionais, antidepressivos ou hormônios podem ter efeito colateral que prejudicam o emagrecimento.

Pouca mastigação

Você pode estar comendo mais rápido do que o recomendado e isso causa dificuldades para emagrecer. O cérebro demora certo tempo para identificar o recebimento de comida no organismo, por isso, quem tem uma alimentação saudável, mas mastiga pouco pode acabar por comer quantidades maiores do que as necessárias até o cérebro captar a sua ingestão.

Treino excessivo

Malhar faz bem e emagrece, mas o seu excesso bloqueia alguns hormônios, chamados de poupadores de energia, que acabam por dificultar a perda de peso. Isso acontece quando a prática de treinos é muito além do que a ideal para o organismo, e desse modo a função cardiovascular e ventilatória são prejudicadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *